Carlos Alberto Ruiz

“Tive o prazer de conhecê-lo no final da década de 80 quando assumiu a cadeira de Professor Titular de Ginecologia do HC FMUSP e o acompanhei desde então. Falar do mestre Pinotti é muito simples como simples era sua forma de atuar, tinha por característica simplificar o que todos achavam complexo, resolutivo por excelência teve sua vida dedicada as causas das mulheres. Minha formação foi extremamente acadêmica no mais conservador estilo de nossa Faculdade de Medicina, sua influência, no entanto, ampliou meus horizontes fazendo-me entender que pouco adianta fazer muito bem a Medicina para poucos, as necessidades sociais são muito maiores, precisávamos encontrar uma forma de multiplicar este tipo de atendimento sem abrir mão da qualidade. Foi com este mote que ele idealizou o Programa de Assistência Integral a Saúde da Mulher (PAISM), que avalia a mulher na sua integralidade orientando-a não apenas em nível médico, mas também psicossocialmente interferindo em seu estilo de vida sugerindo ações ligadas a sua realidade que objetivam uma melhor qualidade de vida, paramos de tratar a doença começamos a cuidar da saúde. A partir dai pude entender a necessidade de cada vez mais humanizarmos nossos Serviços, a relação Medico/Paciente precisa voltar a ser valorizada, pois ela é terapêutica e a proximidade, o acolhimento, o comprometimento, o amor, o carinho são ações fundamentais no cuidar do paciente. E além de tudo pude dispor de sua companhia no último ano, na orientação de como dirigir um Hospital (Hospital e Maternidade Vila Nova Cachoeirinha) pude aprender e entender na prática que o tripé básico que caracteriza um bom serviço: a Assistência, o Ensino e a Pesquisa, pois os 3 andam juntos de forma a um controlar o outro. Tudo no Serviço deve ser adequadamente protocolado para que nós maximizemos o controle, criemos condição de Pesquisa e possamos ensinar com o nosso principal objetivo que é cada vez mais melhorarmos a qualidade de atendimento para quem mais precisa: o nosso paciente, em especial o mais carente. Por tudo isso e muito mais me sinto privilegiado por ter sido seu aluno, muito obrigado meu digníssimo Mestre, que Deus o tenha e um até breve.”

Deixe você também a sua homenagem

ESCREVER UM DEPOIMENTO